Bronzearte: Entrevista com o CEO – Marcello Kolanian

  1. Falando sobre o setor de iluminação, quais são as projeções para esse mercado em 2022? Você acha que a pandemia influenciou diretamente essa área, como aconteceu em outros segmentos? Existe um otimismo para os próximos anos? 

O mercado de iluminação teve uma expansão muito forte nos últimos dois anos impulsionado pela pandemia gerada pelo Covid 19. As pessoas cumpriram as restrições de isolamento propostas pelo governo e pelo setor privado adotando o regime home office e esse novo modelo de trabalho em casa acabou impulsionando a demanda por uma valorização dos ambientes residenciais. A busca por um maior conforto para os lares se tornou uma constante em todos os países. Realmente, o setor de materiais de construção se beneficiou muito, ao contrário dos demais segmentos da economia que ficaram arrefecidos. Além de sabermos que as restrições continuarão por um tempo, o home office se tornou uma realidade para muitas empresas, por isso, as pessoas seguirão buscando mais conforto em seus lares cada vez mais apoiados por soluções tecnológicas e inovadoras. 

  1. Qual a importância da Feicon para o mercado de iluminação? E suas expectativas para essa edição?    

A Feicon e uma das principais feiras do segmento e consegue reunir fornecedores e clientes num espaço com inovações e novas tendências de mercado para cada segmento, seja ele iluminação, revestimentos, loucas ou metais. Nessa edição, com certeza o visitante encontrará muitas novidades no sentido de melhorar a maneira como se relaciona com a sua casa, justamente pelo cenário que a pandemia trouxe de valorização ao ambiente residencial. 

  1. Quais novidades imperdíveis os visitantes encontrarão no estande da Bronzearte? 

A Bronzearte LLUM apresenta novas linhas em todo o seu portfólio, começando pelas luminárias decorativas fabricadas em alumínio com pintura eletrostática, passando pelas luminárias LED e pela tendência atual do setor, iluminação linear por perfis em alumínio. Na divisão profissional, os visitantes conhecerão luminárias de alta performance e eficiência energética para ambientes industriais, além de novos produtos inteligentes focados em automação e controle por Wi-Fi. 

  1.  Quais as tendências de iluminação você destacaria para nosso público? 

A iluminação no mercado brasileiro está passando por uma transformação que envolve aspectos de conforto, comodidade e design. Existe uma tendência muito forte ligada a iluminação linear que entrega um ar minimalista a decoração. A iluminação inteligente (IoT) segue em alta e será cada vez mais demandada, justamente pela facilidade de controle que ela proporciona. Nesse sentido, entram as luminárias com sensores de presença e os produtos com controle via Wi-Fi, que permitem dimerização e alteração da temperatura de cor da luz dos ambientes via aplicativo a distância.  

A preocupação com o consumo de energia tem se tornado uma pauta relevante e o cenário da matriz energética global não é dos melhores. Esses temas somados a preocupação com o meio ambiente, geram uma demanda muito grande pela busca de luminárias de qualidade e com alta eficiência energética. 

  1. Qual sua dica para os profissionais da construção e arquitetura que querem agregar mais valor aos seus projetos, por meio da iluminação? 

Aos profissionais, nossa dica é que continuem demandando por produtos de qualidade e analisem os diferencias e a reputação de cada marca existente no mercado. O consumidor está cada vez mais exigente pela qualidade e por soluções inteligentes em iluminação. Estejam antenados nas novas tendências que mudarão radicalmente a iluminação tradicional feita através de lâmpadas e luminárias por sistemas de iluminação integrados e automatizados, proporcionando mais conveniência aos usuários. 

CEO MARCELLO KOLANIAN