arquitetura de clubes e quiosques de praia

O surfe é um esporte e um estilo de vida. Como arte de he’e nalu, reflete a arquitetura como um jogo entre a experiência espacial e o ambiente. Hoje, a arquitetura comercial e cultural do surfe se tornou cada vez mais comum – projetos que se inspiram em casas icônicas e retiros à beira-mar para criar novas conexões entre o público, os surfistas e o oceano.

A arquitetura do surfe evoluiu para servir mais do que entusiastas do esporte e surfistas notáveis. Assim como o esporte em si é praticado individualmente ou como um evento em grupo, novos clubes e quiosques à beira-mar estão abrindo espaço para reunir as pessoas e observar o desenrolar do esporte. Desenhados para escolas de surfe, clubes e lojas de equipamentos locais, esses projetos são construídos em todo o mundo à medida que abraçam a cultura do surfe. Situados em praias remotas e na periferia das cidades, eles apresentam programas mistos, materiais de intemperismo e plantas abertas enquanto celebram a arte e a arquitetura do surfe.


Esta é uma curadoria de conteúdo feita pela Reed Exhibitions sobre o setor. Para saber mais sobre arquitetura do surfe, leia o conteúdo produzido pelo ArqDaily.

Facebook Comments