Indústria de materiais de construção vê perspectiva de melhora no segundo semestre

0
492
construção civil

Apesar do cenário trazido pela pandemia, pesquisa de opinião da Abramat revela relativo otimismo do setor para os próximos meses

A Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat) divulgou na semana passada a nova edição do seu Termômetro, que revela que para 34% das empresas associadas o desempenho nas vendas em maio foi considerado bom ou muito bom.

Já em junho essa mesma expectativa subiu para 44% das empresas, enquanto 43% vislumbram período regular. Para julho a expectativa de ter vendas com desempenho bom ou muito bom permanece em 44%.

Quando perguntadas sobre as expectativas sobre ações governamentais, as muitas medidas propostas pela indústria e já adotadas começam a causar efeito positivo na percepção das empresas. No mês de junho 26% das empresas se mostraram otimistas com as ações para os próximos 12 meses. Em maio, 13% estavam otimistas.

Outro importante dado positivo apontado na pesquisa é que, apesar dos impactos da crise, a pretensão de investimentos no médio prazo subiu de 43%, em maio, para 52% em junho. O nível de utilização da capacidade instalada registrado foi de 64% em junho, no mês anterior a capacidade instalada estava em 53%.



Esta é uma seleção de conteúdo da Reed Exhibitions Brasil, detentora da marca Feicon, sobre o mercado da construção civil. Para ler o conteúdo completo, acesse o site Grandes Construções.

Facebook Comments