05 dicas que podem te ajudar na questão da gestão de risco!

0
758

Aprenda como se aperfeiçoar na gestão de riscos e reforçar os esforços da sua marca

Já reparou o quão complexos estão os projetos de hoje versus os de dez anos? Com tecnologias, como a IoT – Internet das Coisas, potencialmente revolucionando edifícios, infraestruturas e locais de trabalho, eles estão se tornando mais complicados e portanto mais arriscados. É hora das empresas de construção darem uma olhada sobre como se aperfeiçoar na gestão de riscos e reforçar os seus esforços.

Por que fazer da gestão de riscos uma prioridade?

Mesmo pequenos projetos estão se tornando complexos e exigem mais inovação e planejamento do que nunca. Novos materiais, novas regulamentações, novos recursos, prazos mais curtos e a tendência para edifícios mais verdes criam um cenário em constante mudança, que exige dos empreiteiros abraçar a tecnologia para antecipar e mitigar o risco na construção se querem ser bem sucedidos. Pesquisas mundo afora mostram que aderir a tecnologia é uma excelente maneira de melhorar os resultados.

Softwares podem ajudar a gerenciar o risco

Os três maiores problemas que estamos vendo hoje – segurança no canteiro de obras, agendamento de riscos e custos associados – podem ser atenuados ou significativamente reduzidos usando softwares para construção baseados na nuvem, funcionando como uma ferramenta para ajudar a sistematizar processos de segurança, manter a força vital de comunicação fluindo e monitorar confrontos e outros problemas que possam deixar um rombo no orçamento.

Risco #1 – segurança na construção

Quando se trata de segurança na construção, ter as informações que você precisa organizadas e prontamente disponíveis pode evitar muitos problemas de segurança comuns. Algumas das violações mais corriqueiras são a comunicação sobre os perigos, escadas de andaime, fiação elétrica e operação de máquinas, para citar alguns.

Risco #2 – Elaboração de agendas de risco

Em primeiro lugar, crie um calendário realista. Enquanto o objetivo é sempre alcançar a data original de conclusão, gerenciar as expectativas ainda permanece um grande desafio. Predizer o futuro é difícil. Englobe todos os seus recursos (experiência, entrada de subcontratados, dados de produção, etc.) para criar uma agenda verdadeiramente eficaz e assegurar que todo mundo tem uma cópia da mesma, por meio do seu software de gerenciamento de construção.

Risco #3 – custos não planejados

Realizar avaliações de edificabilidade e capturar erros antes de compilar. Com certeza todos já passaram por essa situação. Nada derruba um orçamento como o retrabalho na construção, podendo representar até 20% dos custos do projeto. Isso pode ser prevenido por meio da realização de uma revisão virtual com software de detecção de conflitos, onde os problemas tornam-se visíveis e podem ser resolvidos antes de construir.

Assine nossa newsletter e receba os principais conteúdos voltados para as inovações e tendências do mercado da construção.

Assine agora!

Facebook Comments