Em 1988, a marca de móveis de californiana Maria Yee entregou sua primeira criação para a Gump, icônica loja de presentes luxosos, joalheria, objetos de arte e home decor: uma reprodução com qualidade museológica de uma legendária poltrona com braços da Dinastia Ming.

Agora, trinta anos mais tarde, a cadeira ainda está à venda, e a ligação estratificada entre o fabricante e a instituição mercantil de São Francisco perdura, como um registro vivo do efervescente mercado de negócios da época.

Para comemorar o aniversário, um coquetel de lançamento em sua suntuosa unidade da 135 Post Street, para lançar uma exposição retrospectiva, além de um acervo vibrante de novos projetos. “A Gump foi nosso primeiro cliente”, diz a fundadora da marca, Maria Yee. “Eles realmente se tornaram parte integrante de nosso DNA. É uma amizade que esperamos que continue por muito tempo e continue atravessando gerações”.

Para ambientar a mostra, a estrutura de exibição foi pensada para percorrer toda a loja, mostrando graficamente a evolução no relacionamento entre o fabricante e vendedor, começando com réplicas de antigos e consagrados projetos chineses e japoneses, culminando com exemplos atuais que levam a assinatura estética contemporânea de Yee.

Entre as adições recentes estão uma enorme e bem pensada gama de mobiliário e iluminação fabricada para a Lux, toda em material leve de bio-composição, feito em cooperação com a BASF. Esse tipo de material vem sendo muito usado em componentes automotivos, principalmente pela charmosa e conceituada Mercedes-Benz, e na fabricação de móveis prometendo um desempenho superior e durabilidade impecável em painéis que podem pesar até 90% menos do que o MDF.

Aproveitando o momento para alavancar ainda mais a nova geração do design inventivo, o evento marca também o lançamento da Sun At Six, estúdio de design de mobiliário fundado no Brooklyn, em 2017, pelo filho de Maria, Antares Yee.

Apresentando criações a base de carvalho branco cru e couro vegetal queimado, sem parafusos ou pregos, a linha é dedicada a preservar a antiga arte da carpintaria chinesa tradicional, mas com uma veia naturalmente moderna. “Trabalhamos duro para encontrar qualidade, madeiras de origem sustentável, secas ao ar livre, trazendo para os clientes o caráter natural presente em nossos materiais”, revela Antares.

 

CŔEDITO DA FOTO: Todd Harnjaroen

 

Conteúdo Proprietário – Reed Exhibitions Alcantara Machado
Produção: A4&Holofote Comunicação